Daily Archives: Março 4, 2014

A Brigada de Parques e Jardins e os Apanhadores de Cócós… coisas dos franceses!

Em França existe uma cultura de património e utilização de espaços públicos um pouco diferente da que existe em Portugal. É raro existirem prédios devolutos – nunca vi e acredito que é provável não existirem. Monumento é património, sinónimo de história – para eles um conceito sagrado que testemunha a sua supremacia no mundo. Conclusão: os monumentos são a imagem do país e nessa medida a sua preservação é uma prioridade.

As diferenças com Portugal não se verificam (apenas) nesta questão relacionada com o Património, na verdade são ainda mais relevantes nos espaços públicos, nomeadamente nos parques e jardins. França é o segundo país da Europa com maior índice de natalidade – ter três filhos é comum e menos de dois é uma raridade. As casas são pequenas – em média, uma família de 4 pessoas vive em 70-80 m2. Às crianças juntam-se os animais de companhia. Em França uma em cada duas famílias tem um animal de companhia, sendo que a maioria opta por ter um cão (na generalidade pequeno como o caniche). Uma das principais preocupações dos municípios é organizar as suas cidades de modo a existir um equilíbrio entre os espaços verdes e de lazer e os serviços. Há um mundo de gente (e animais) para ocupar na rua – fazer compras não está na lista de prioridades dos franceses, sobretudo porque têm muitos filhos – a ida ao shopping pode ser um pesadelo.

O respeito pelos espaços públicos existe. Mas a utilização é massiva. De tal modo que existe uma polícia especial para fazer cumprir a legislação que regula a utilização destes espaços: “Brigade Parcs et Jardins”, uma especalização da Polícia Municipal. Deslocam-se de bicicleta ou a cavalo. É frequente terem uma câmara goPro. Zelam pela limpeza dos espaços. Os cães que não têm trela. Os donos que não apanham os cocós. As crianças que correm onde não devem. Os rádios com música que incomoda. Os consumos de álcool. Outros consumos.

Ainda na secção dos cócós de cão. Existe uma brigada de apanhadores de cócós. São os designados “Motocrottes” por se deslocarem numa mota aspiradora de cócós. Existe até um diploma de mérito… Já estou a imaginar a conversa de couple. “ça va mon chéri? comment s´est passé ta journée?” “super ma cherie! 35 kg de crottes! tu t´as marrié avec le champion de crottes!”

Eu gosto do humor francês. E se há fonte de inspiração nos últimos tempos, ela tem por nome François Hollande. Parece que os Motocrottes têm tido funções de estado…

😀

Até breve…

J´aimerais avoir…

à venda aqui!